Sobre a Supra Contactos
Columbofilia
Beyers
Backs
Chevita
Travipharma
Remelco
Paloma
Pigeon Vitality
Dr. Brockamp
Wonder Pigeon
Bricon
Acessórios
- Poquetes


Ref.:



Esta infecção está disseminada por todo o mundo, em colónias ou em pombos bravos. Verifica-se um aumento da incidência de infecções das poquetes em climas caracterizados por Verões húmidos e Invernos amenos.

Patologia:
O vírus das poquetes produz alterações típicas na pele e mucosas dos pombos. Não é contagioso aos humanos ou outros mamíferos.

Sintomas:
Existem duas formas de poquetes:

  • Na pele - aparece uma acumulação de crostas na pele (poquetes), especialmente próximo das mucosas dos olhos e região do bico e nas patas. O vírus penetra através de pequenas lesões (arranhões, bicadas e picadas de insectos). As poquetes distinguem-se claramente da pele, apesar de estarem firmemente presas a ela. (NB: Não remova as lesões; pode causar sangramento).
  • Na mucosa - Formam-se excrecências difíceis de remover na mucosa das cavidades do bico e garganta. Estas excrescências podem impedir a ave de se alimentar, beber e respirar.

A infecção é geralmente benigna, desde que as lesões da pele e mucosas - que podem manifestar-se simultaneamente - sejam controladas e se confinem ao local afectado. A situação piora se o vírus entrar na corrente sanguínea e colonizar os órgãos internos. A infecção das Poquetes dura 3-4 semanas, ou até várias semanas ou meses no caso de pombos subnutridos. Afecções bacterianas secundárias podem complicar a evolução da doença.

Diagnóstico:
As duas formas podem ser identificadas de maneira relativamente simples, pelo aspecto típico das crostas ou depósitos na pele ou mucosas. Se se suspeita da existência da doença, pode obter-se uma confirmação pelo exame microscópico de tecidos afectados, detectando as chamadas "marcas Bollinger" que contêm grandes quantidades do vírus.

Outras doenças semelhantes:
Tricomoniase, Ornitose, Catarro infeccioso.

Tratamento:
Tal como acontece com outras viroses, não é possível combater as infecções das poquetes.

No caso de existir um surto de Poquetes, pode proceder-se à vacinação de emergência de todos os pombos de aparência saudável de modo a evitar o alastramento da doença. As aves visivelmente afectadas devem ser excluidas da vacinação de emergência e afastadas da colónia.

Recomenda-se a administração de livimun® para estimular a resistência natural, juntamente com chlortetracyclin+ para inibir afecções bacterianas secundárias. Durante, e para apoiar a recuperação, deve dar-se aos pombos a melhor alimentação possível e multivitamin EB12.

Notas:
Não forneça aos pombos alimentos que contenham cálcio (ex.: grit) durante o tratamento com chlortetracyclin+, uma vez que o cálcio bloqueia a clortetraciclina reduzindo a sua eficácia.
Os pombos afectados não devem fazer voo livre.
Não fornecer água para o banho.

Prevenção:
Apenas a imunização activa protege os pombos.

NOTÍCIAS
Homologação dos constatadores

Constatadores electrónicos Bricon SPEEDY e Bricon X-treme

..
Ler mais
  Home | Produtos | Representações | Notícias | Links | Downloads | Sobre a Supra | Contactos
  2008 Supra - Suplementos e Rações Import / Export, Lda Design por Startup | admin